Quem já entende do Karma e do Destino

abril 14, 2014 1 comentário

2014-04-14As pessoas que não entendem nada de Astrologia de Reencarnação têm as mais absurdas ideias do karma e destino. Por esta razão vou explicar estes pontos básicos.

Karma é a soma total de todas as experiências de todas as vidas passadas que uma alma conquistou, sejam elas positivas ou negativas. O objetivo sempre é de sair da Roda de Reencarnação para não voltar mais para a terra e continuar vivendo em outras dimensões. Isso só é possível, quando a alma aprendeu todas as lições, superando o medo em suas diferentes formas como inveja, ciúme, raiva, violência e outros sentimentos negativos e se tornou capaz de sentir e exercer o amor altruísta ao próximo como Jesus ensinou.

Naturalmente, o karma é responsável pelo destino atual, mas de uma outra forma do que nos normalmente pensamos, pois temos o nosso Livre Arbítrio, que está mais importante do que qualquer outra coisa. Por isso reencarnamos tantas vezes e sempre inocente, pois não lembramos das outras vidas já passadas. Deus nos dá sempre uma nova chance, visível no Mapa Astral. Este mapa é como uma foto instantânea do momento do primeiro respiro de um ser nascido, que o Astrólogo Kármico de Reencarnação pode explicar.

O karma se mostra como tarefas e lições a aprender, porem não em todos os detalhes. A pessoa tem, como dono do seu livre arbítrio, as mais variadas possibilidades de escolas. Vamos usar um exemplo para ser entendido melhor:

O karma requer que você faça em sua vida uma viagem de São Paulo para Rio de Janeiro. Esta é sua tarefa, mas você pode decidir de viajar hoje, amanha ou no ano que vem ou em qualquer outro momento. E você pode interromper sua viagem em vários lugares ou ir direto. Você também pode escolher o meio de viagem, seja de carro, moto, quem sabe de cavalo, de barco, de navio, de ônibus, de avião ou de qualquer outro meio de transporte. E você pode escolher seus companheiros de viagem, uma pessoa amiga ou amada ou estranhas que viagem “aparentemente por acaso” com você.

Naturalmente, o mapa astral “recomenda” algo ou alerta por algo, mas não força você de aceitar qualquer proposta.

Resumindo: Karma e destino são tarefas a superar, mas do seu “jeito”. Algumas pessoas têm por esta razão tarefas difíceis para chegar mais rápido no seu objetivo e destino, enquanto outras vão com mais calma. Sempre vale o mapa astral, mas você pode decidir o que e em que tempo você quer aprender as lições.

Mas há também algumas exceções: violências, crueldades e matanças de pessoas. Neste caso, nada vai evitar que você sofre das mesmas coisas que você fez contra seus próximos.

Imagem: www.viverconsciente.com

O Misterioso Livro da Vida

2014-04-07 InquisMuitos antigos ensinamentos verbais e escritos de diferentes religiões mundiais se referem a um misterioso livro da vida, em que cada pessoa podia ler, se conseguisse a perfeição ou tivesse talentos de vidente.

Trata-se de um tipo de “memoria do Universo” em que tudo foi anotado deste a criação do mundo e todos os acontecimentos em seguida. Todo ser vivo e todos os seus pensamentos e feitos são registrados neste livro da vida.

 Esta é a Biblioteca Cósmica (de Deus) e o livro é lacrado com 7 selos.

Na tradição indiana das antigas religiões e dos grandes astrólogos kármicos de reencarnação, este livro sagrado é chamado “Crônica Akasha”.

Em todas as antigas religiões se concentram grandes sabedorias, mas infelizmente, a nosso religião cristã, as perdeu durante os últimos séculos em consequência da ignorância e sede de poder e ganancia. Só para lembrar, Jesus Cristo, que apenas ensinou o amor e o perdão, foi usado para a fanática guerra contra hereges e crentes de outras religiões durante a inquisição com milhões de vitimas. Os Jesuítas eram chamados os ”Soldados de Jesus”, coisa mais absurda e cruel que alguém pode imaginar.

E hoje, infelizmente, não é muito diferente. Há guerras por causa da religião, da ganancia, do poder, da raça e por muitos outras razões.

Os valores da ética, moral, honra, cultura e bom senso se inverteram. Hoje, o mais primitivo em todos os sentidos é aquilo que interessa e que é aplaudido e nem necessita o atestado de burrice.

O Outro Lado dos Anjos em Nossas Vidas

2014-04-04 distrofia muscCada coisa tem seus dos lados, lados opostos, necessários para criar e manter a vida aqui na terra. Enquanto falamos ontem dos anjos que vieram para ajudar os pais na difícil tarefa de enfrentar e supera o karma deles, temos os outros que vem de resolver o próprio karma. Isso não é nada estranho, pois nos todos estamos aqui para resolver nosso karma.

Porem há uma grande diferença: estes outros anjos, que não são menos anjos do que os primeiros, querem limpar suas dependências com o karma de uma vez e rápido, aceitando sofrimentos fora de serie, normalmente em forma de doenças e deficiências cruéis e mortais. Ao mesmo tempo, com seu amor e sua dependência, ajudam seus pais de aprender amor e cuidar de uma criança que ia morrer bem mais sedo sem este apoio. Naturalmente, isso aconteceu na maioria com pais que mostraram em vidas passadas pelo menos um certo desinteresse de cuidar dos seus filhos,… e coisas piores.

Nestes casos, sempre existem erros do passado dos dois lados, que se completam entre filhos e pais. E são os filhos que escolham os pais!

As vezes, a astrologia de reencarnação é o último recurso, quando médicos, psicólogas, padres e outros profissionais deste gênero não são capaz de curar uma doença ou algo mais que cria um grande desconforto e sofrimento para uma pessoa. Enquanto este profissionais tratam “casos” e não se interessam muito pela pessoa envolvida, o astrólogo ver o passado de uma alma. Ele nem precisa conhecer e ver a pessoa, mas sabe do mapa astral com exatidão, por que esta pessoa está sofrendo e como pode ajuda-la.

Conheço clientes que correram anos a fio para médicos e psicólogos e não conseguiram receber ajuda para seus problemas, mas em uma vez a interpretação do mapa astral resolveu os sofrimentos de longo prazo.

Naturalmente, depende também muito da pessoa, pois o astrólogo não vende nenhum remédio e nenhuma receita pronto, mas informa como a pessoa pode-se curar ela mesma, simplesmente explicando os erros do passado e as novas escolhas e outros caminhos a tomar. A pessoa necessita mudar seus rumos, simplesmente!

Quero falar de duas irmãs que tiveram dois filhos e cada um com uma doença degenerativa sem cura e morte programada: distrofia muscular. Os dois tinham 9 e 10 anos, quando as duas irmãs me consultaram. Naturalmente, eu não tinha o poder de curar os meninos, mas consegui explicar a razão desta terrível doenças.

Provavelmente, durante a ultima guerra mundial, os dois eram jovens oficiais alemães que maltrataram e mataram indefesos prisioneiros de guerra. Era como um divertimento para eles. Quando apresentei minhas interpretações por escrito as mães, os dois meninos estavam presentes. Me assustei um pouco, pois eles pareciam mais alto do que normal, mas muito magro, só pele e ossos e muito leve, quase não podendo mais andar. Eles estavam muito inteligentes e dentro do possível espiritualmente maduro e informado. As mães se assustaram, mas os meninos aceitaram tudo com muita coragem e tranquilidade. Eles já sabiam que dentre de mais 2 ou três anos iam morrer, mas queriam saber o porquê.

Recomendei também uma regressão dos dois que foi feito logo apos minha visita. E realmente, os dois se lembravam com muita clareza e confirmaram meus resultados com muitos detalhes. Uma das irmãs ainda foi com seu filho para Índia para viver um certo tempo com o mundialmente famoso guru Sai Baba, na esperança, que ele podia curar seu filho, mas infelizmente sem resultado positivo.

Os dois meninos morreram com 12 anos, infelizmente para as mães, mas os meninos cumpriram seu karma e destino previsto e escolhido por eles mesmo antes de reencarnar e, com grande probabilidade, superaram este karma mortal.

Os Anjos em Nossas Vidas

2014-04-03As consultas e perguntas mais emocionantes e tristes que recebo são de pais e mães de filhos que se foram sedo de mais.

Graças a Deus!, não é meu caso, mas tenho 4 filhos e 2 netos saudáveis e sei quanto os amo e por isso posso imaginar o que estes pais devem sentir com a falta do ser que eles mais do que qualquer outra coisa amavam nesta vida.

Quem não sabe que a vida sempre é eterna e que a “morte” não existe, tem muitas dificuldades de aceitar que Deus os tirou o filho amado e muitas vezes sedo de mais na juventude. Evidentemente, a pergunta neste desespero sempre é do P o r q u ê.

Foram centenas de pessoas durante muitos anos que me consultaram para ter uma resposta para exatamente este conflito, que, provavelmente, apenas a Astrologia Kármica de Reencarnação pode dar. Vida e “morte” são, como muitos pensam, uma vez a vida consciente aqui na terra e quando alguém “morre” é o fim definitivo. É um grande erro, como os ensinamentos da reencarnação e a astrologia kármica podem explicar e provar.

O fato é, que o mesmo ser é uma alma viva, aqui na terra e lá no além, em uma outra dimensão. A vida jamais termina, quando o nosso corpo morre. Ele apenas é o nosso veiculo para poder viver aqui na terra.

Enquanto este mesmo ser não está aqui, ele continua vivo com bilhões de outros seres e se prepara em outras regiões para sua volta. Quando ele “morre” lá, ele renasce aqui e quando “morre” aqui, ele renasce lá num ritmo além da nossa visão e compreensão. É muito simples. Podemos comparar isso com aquilo que fazemos todo dia e toda noite, dormir e acordar, só que uma coisa acontece mais consciente do que a outra. Os ritmos são basicamente iguais, porem a duração é diferente.

Na maioria das vezes, quando uma criança ou um adolescente “morre”, acontece o seguinte: este ser é uma pessoa muito amável, que quer ajudar os pais com sua tarefa kármica que normalmente tem a ver com amor, respectivamente com a falta de amor numa vida passada. Quando alguém, numa vida passada, não aprendeu de amar, digamos um filho, e o abandonou ou maltratou, ele criou um karma muito grave, que tem que ser compensado nesta vida com o mesmo sentimento e mesmo sofrimento, que a criança da vida passada sofreu e sentiu.

Esta é a Lei Divina, a Lei do Equilíbrio e da Causa e Efeito, e não tem nada a ver com Deus e que Ele seja culpado e responsável pela “morte” de uma criança. Acontece que só um ser muito amável, igual aos anjos, se propõe a ajudar aos pais nesta tarefa difícil e dolorosa, que trataram ele ou qualquer outra criança tão mal numa vida passada.

Existem muitas outras razões da “morte” de uma criança, mas sempre envolve o objetivo de ensinar. Em outros casos, uma doença pode ser o meio de aprender ou qualquer outra coisa, como falta de dinheiro, morar numa favela, ser um deficiente etc. Quem mata alguém, com certeza sofre igualmente uma morte violenta, nesta vida ou numa futura.

Quando alguém sofre de uma certa coisa, ele pode ter certeza que é para aprender algo que ainda não entendeu. A final, é o amor que tem que ser alcançado e que tem seu oposto chamado medo, medo em suas mais variadas formas: inveja, ciúme, raiva, violência, brutalidade, matança, fanatismo, arrogância, falta de amor, falta de piedade e muitas outras.

O mapa astral karmico mostra qualquer aprendizagem conseguida como um tipo de credito com aspectos azuis e as tarefas e lições a aprender nesta vida em vermelho.

Esteja certo, que tudo o que acontece em sua vida, tem sua razão justa e para seu bem, mesmo quando perdeu um ser muito amado.

Mensagem de uma filha…(Honra teu pai e tua mãe)

fevereiro 16, 2014 1 comentário

“Acabo de perder meu pai”

2014-02-16“Esta  noite eu passei no hospital me despedindo. Só eu e ele. Deitada em seu ombro, tivemos tempo de conversar sobre muitos assuntos, pedi perdão pelas minhas faltas e prometi  seguir de cabeça erguida e cuidar de minha mãe e meus avós.  Ele estava quentinho  e sereno. Éramos só nós dois, pai e filha, na despedida mais linda que eu poderia ter.  E ele também se despediu. Sei que ele está bem. Claro que está. E eu sou a continuação  da vida dele. Um  dia meus futuros filhos saberão quem foi  Santiago Andrade, o avô deles. Mas eu, somente eu, saberei  o orgulho de ter o nome dele na minha identidade. Obrigada, meu Deus. Porque tive a chance de amar e ser amada. Tive todas as alegrias e tristezas de pai e filha. Obrigado a todos. Ele também agradece. Eu sou Vanessa Andrade, tenho 29 anos e os anjinhos do céu acabam de ganhar  um pai.”

Vanessa Andrade, jornalista, filha de Santiago Andrade, cinegrafista da Bandeirante, morto por um rojão lançado por um manifestante inconsequente,  quinta feira, 6/02/2014.

Somente Deus sabe, por que Santiago Andrade estava lá naquele lugar naquela hora e por que aqueles moleques irresponsáveis lançaram este explosivo contra ele. Mas como a vida, a morte também tem um sentido. Ele “morreu” neste mundo para renascer num outro, igual ao que aconteceu quando ele “morreu” lá para renascer aqui. Esta é a Lei Divina, “morrer” e renascer num ritmo interminável, mesmo se nós não podemos entender o sentido destes acontecimentos, mas é como uma moeda com seus dois lados opostos.

A única possibilidade de saber exatamente por que tudo isso aconteceu, é o Mapa Astral Kármico de Reencarnação que revela o nosso destino.

Imagem: www.atribunamt.com.br

Consciência e Transformação

dezembro 9, 2013 Deixe um comentário

O que é consciência?

2013-12-09Sem saber, a maioria das pessoas vive dopada e adormecida, pois são manipuladas com sucesso pela Elite, pela propaganda das multinacionais, pelos políticos e poderosos e também pela mídia.

Consciência bem entendida, inclui também a autoconsciência, de saber quem você é, de onde você vem e qual é sua tarefa nesta terra e nesta vida reencarnada, e finalmente para onde você vai depois da sua “morte? Para mim, isso significa a essência da minha consciência, questões do meu próprio ser.

Quem observe, por exemplo, um formigueiro com seus muitos milhares de formigas, provavelmente se pergunta, quem ou o que dirige estes seres individuais, que juntos fazem algo muito útil e programado. Como funciona isso? Ou as abelhas que têm uma vida social bem similar e tudo funciona também perfeitamente?

Mais fácil é de imaginar que todas as formigas ou abelhas formam um único corpo e cada formiga ou abelha é um célula destes corpos e por esta razão eles trabalham harmoniosamente em favor do total, do corpo inteiro.

Não é difícil de imaginar que nos seriamos estes milhares de pequenos seres, quer dizer o total das nossas células, que formam nosso corpo. Cada uma das nossas células tem a memoria e o conhecimento total do nosso corpo inteiro, como cada uma das formigas ou abelhas sabe como o conjunto inteiro funciona. Quem é o portador destes conhecimentos? A resposta se chama DNA dentro de cada célula.

A Astrologia Kármica pode revelar seu DNA espiritual e tornar você consciente de si mesmo. Mas o que adianta isso, se não tiver um passo mais a frente? Este passo pode se chamar transformação, evolução e superação.

Se eu estou ciente do meu ser espiritual e não quero evoluir, algo está muito errada e eu não estou me harmonizando com as Leis da Natureza que sempre e eternamente estão evoluindo dentro da sua espécie.

Um exemplo: Apos de receber sua Interpretação Kármica de Reencarnação, uma cliente ainda tinha muitas duvidas e perguntas bem detalhadas. Constatei que ela sofria de ciúme doentio em vidas passadas como karma central e por isso foi muitas vezes abandonada dos seus maridos e parceiros. Nesta vida, ela tinha que enfrentar algo similar para superar esta deficiência emocional.

Ela já foi abandonado por 2 maridos e tinha 2 crianças do ultimo casamento. Novamente casada, ela também cuidou dos 3 filhos do marido atual. Acontece que ela agiu nesta vida repetindo todos os erros do passado e o mesmo fim era prevista em seu mapa astral. Como ela me confiou, ela suspeitava que o marido a traiu com outra mulher e ia abandoná-la e para evitar, ela brigou, brigou e brigou com ele cada vez que ele voltou de um viagem de negócios. Pode ser a razão que o marido aceitou um alto cargo num país africano. Cada 2 meses ele voltou para ver sua família e depois viajou de novo para África e cada vez ela brigou com ele, que sempre cuidou da família inteira, inclusiva das crianças que não eram dele, com muita dedicação.

O que eu podia fazer para ajudar esta mulher? No texto da interpretação consta uma regra:

Quem percorre um caminho espiritual, carrega consigo um código de honra a ser cumprido. Isso vale também para o astrólogo kármico. Ele não pode mentir, não pode inventar coisas que não estão no mapa só para agradar e não deve omitir verdades, mesmo quando são dolorosas.

Eu tinha que agir dentro deste código de honra e as informações do mapa:

“Minha cara Senhora, seu marido já lhe abandonou e nem percebeu! Veja bem, ele já vive definitivamente num outro continente e apenas vem a visita e não se encontra apenas em viagem naquele lugar. Ele vive lá, tem seu lar lá e bem provável também uma mulher que participa na sua vida. Não destrua o que resto dele aqui. Ele cuida da senhora, dos filhos dele e dos filhos da senhora e não deixe de faltar nada. Na próxima vez, receba ele com muito amor e paz. Não briga mais com ele. Deixe ele sentir que a casa dele ainda se encontra aqui e não lá e que ele é sempre bem-vindo aqui! Quem sabe, ele somente aceitou o cargo tão longe por causa das permanentes brigas da senhora. Ele também quer apenas viver feliz e em paz. Oferece isso também aqui para ele e, quem sabe, ele não volta permanentemente para cá.”

“E a outra?”, ela perguntou. “Deixe a outra. Ela não é da sua conta. Ela apenas significa seu karma e sua superação, se a senhora se conscientiza disso. Se não se supera, se marido não vai voltar nunca mais!”

Algumas vezes e sempre quando se sentia abatida e triste, ele me contatou para receber alguma consolação. No ultimo contato falou cheia de felicidade: “Fiz tudo o que o senhor me recomendou. Ele prometeu de voltar para casa,… para sempre!”

“Da violência que une todos os seres,
apenas o homem se libera que se supera.”
Goethe

Imagem: eleejesus.blogspot.com

novembro 21, 2013 Deixe um comentário

Do ponto de vista kármico e da Astrologia Kármica de Reencarnação, cada um escolhe seu próprio destino e evidentemente sua “morte” e indiretamente também o momento exato de “morrer”.

2013-11-21Isso necessita uma explicação: esta escolha não é feito agora ou pouco antes da morte, mas muito antes mesmo, exatamente antes de reencarnar e ainda numa outra dimensão, no “além”. E a morte também não e prevista ou planejada em termos de quantidade de tempo, quer dizer numa data certa, mas pela qualidade do tempo, quando certos princípios arquétipos entram em ação.

A morte, ou melhor a desencarnação, recente, repentino e aparentemente prematura de algumas pessoas famosas e queridas, como Daniel Piza (46), Steve Jobs (56), Wando (66) e Whitney Houston (48), entristece as pessoas e é a razão de pensar sobre o próprio destino. O que vai ser? Como eu vou morrer? Existe apenas uma única vida? Para onde eu vou? Ou tudo acaba de vez?

Vale a pena de repetir dizer que o acaso, a coincidência, não existem. Somente existe o destino e a reencarnação e a volta muitas vezes ainda. Nos não somos corpo e mente que tem uma alma, nos somos a alma, o espirito que possui o corpo e a mente e quando desencarnamos, não morremos, pois nosso alma, nosso essência é eterna e mantem a consciência e tudo que já aprendemos em centenas de reencarnações. O que morre e o que deixamos para trás, é nosso corpo físico, o que não pode ser confundido com nosso EU.

Uma morte prematura, normalmente envolve razões kármicas e tarefas kármicas. Para resolver um karma de vidas passadas e evoluir, as almas escolham certas tarefas e provas para superar e assim compensar o karma. Digamos, alguém que tinha numa vida anterior problemas com algum tipo de vicio, vai escolher algo similar para superar este vicio nesta vida. Quando não consegue suficientemente e para não criar mais karma com mais peso, ele se desliga ou será desligado por seres superiores. Existem milhares de razões diferentes que ninguém conhece e nunca vai saber.
Claro, que os parentes e outras pessoas sentem a falta do desencarnado e ficam tristes, mas o desencarnado, provavelmente no mesmo momento de partir, vai sentir um grande alivio e até felicidade de estar agora livre sem seu corpo limitado e viciado.

Agora, ele apenas é consciência e sabe exatamente que tem que se preparar logo para uma nova reencarnação e atacar de novo seu antigo vicio, desta vez com mais força e mais decisão.

É importante saber que, quando “morremos” aqui, renascemos em uma outra dimensão e se nascemos aqui, “morremos” lá.

Imagem: araltondoamanhecer.blogspot.com,